xxxxxxx

xxxxxxx

quinta-feira, 7 de junho de 2012

A Concepção


Ela já tinha engolido
sapos, risos, esperma e palavras.
Gritaram-lhe:
“Engole esse choro!”
Engoliu
e ele choveu dentro dela.
De madrugada procurou um papel:
tinha lhe brotado um poema.

2 comentários: